Doenças Virais: Como se Proteger Delas?

As doenças virais infelizmente fazem parte do nosso dia a dia. E se proteger delas não é uma tarefa simples, considerando a grande quantidade de vírus que existem e os diversos meios de transmissão. 

Entretanto, ainda assim, é perfeitamente possível se manter longe dessas enfermidades, por meio da utilização de medicamentos, vacinas e, até mesmo, se prevenindo de situações que podem estimular o surgimento das viroses. 

Além disso, uma forma que também é essencial para nos proteger do desenvolvimento das doenças virais, é sabendo mais sobre elas. Por isso, nós criamos esse guia que fala sobre essas enfermidades, suas principais características, sintomas e tratamentos. 

Isso será extremamente útil para te orientar, inclusive, no sentido de se prevenir!

Fique por dentro de outros detalhes desse assunto:

O que são doenças virais?

As doenças virais são enfermidades causadas pelos vírus, patógenos que podem causar danos enormes ao organismo humano. Desde apenas a apresentação de um mal estar, até a perda de funcionalidade física, a infecção viral pode ter graves consequências. 

Os vírus se apresentam como agentes infecciosos de tamanho microscópico. Eles são, em suma, um filamento de material genético, envolto por uma camada de proteína.  

Para causar algum tipo de efeito, precisam de um hospedeiro. Em seres humanos, sua influência negativa leva ao desenvolvimento das doenças virais, que são caracterizadas pela destruição de células e estruturas, causando os sintomas e consequências das enfermidades.

[form_cadastro]

Características das doenças virais

Os vírus, conforme dito, têm, em seu interior, material genético. Quando em contato com as células do hospedeiro, eles liberam o seu RNA e DNA, que irão se misturar aos genes saudáveis e instruir ao organismo que replique essas características novas. 

É assim que acontece uma infecção viral. O corpo passa a criar células com o material genético do vírus, o que compromete o organismo, como um todo.  

Quando o sistema imunológico nota essa mudança, ele passa a atacar as células doentes, para eliminá-las. É dessa forma que o corpo começa a combater, sozinho, a doença viral. Porém, essa “batalha” interna também causa danos ao organismo, já que o sistema imune, para eliminar o vírus, acaba liberando substâncias como hormônios e enzimas que, em grande quantidade, causam efeitos colaterais.  

É por isso que uma infecção viral causa mal-estar, febre, cansaço e dor no corpo. Afinal, seu organismo está, literalmente, lutando para se livrar da doença. 

Mas, são essas substâncias liberadas no combate, como o interferon, que vão “reensinar” as células a se replicar sem a presença do vírus em seu interior, tornando o corpo mais resistente a ele.  

É por causa disso, também, que muitas doenças virais acontecem uma única vez, como a catapora, por exemplo. Após a batalha do organismo, as células “aprendem” como é aquele vírus e não deixam mais ele se multiplicar.

Como se proteger das doenças virais?

O contágio de doenças virais se dá tendo contato com pessoas doentes ou com o vírus, em si. Por terem uma característica parasitária, eles estão sempre em busca de um hospedeiro para se multiplicar. 

Dessa maneira, a prevenção segue o propósito de manter esses vírus longe de seu organismo, para não lhes dar a chance de se aproveitar de seu organismo saudável. Para tanto, algumas práticas são bem úteis, tais como: 

  • Lavar as mãos com frequência; 
  • Lavar bem os alimentos que serão consumidos crus; 
  • Não compartilhar copos e talheres com estranhos; 
  • Alimentar-se corretamente e fazer exercícios físicos, práticas que geram mais imunidade ao corpo;
  • Utilizar meios de proteção externa, como repelentes, para evitar a transmissão de vírus via picada de mosquito, e camisinha, para evitar a transmissão de vírus por meio de relações sexuais; 
  • Evitar aglomerações, principalmente quando há surtos de doenças virais, como o período de gripe, por exemplo; 
  • Evitar o contato com pessoas que estejam doentes e apresentando sintomas.

Além disso, algumas doenças virais são prevenidas via vacinação, reduzindo os efeitos colaterais e tornando-as mais brandas, caso haja ainda haja a contaminação. É por isso que as crianças, que ainda não tem um sistema imunológico bem desenvolvido, são vacinadas com uma série de soros preventivos.

Quais os riscos das doenças virais?

Algumas doenças virais são combatidas pelo próprio sistema imunológico, não necessitando de nenhuma medicação especial. Apenas analgésicos e antitérmicos, que reduzem os sintomas desagradáveis, são o suficiente. É o caso dos resfriados, por exemplo, que são curados com repouso, hidratação e pela ação do seu organismo. 

Mas, outras doenças podem debilitar o organismo levando, inclusive, a letalidade. São casos onde a reprodução das células doentes é muito mais rápida do que a resposta imune, de modo que o corpo não consegue combate-las. Ou, que ocupam demais o sistema imunológico, deixando o indivíduo mais suscetível a doenças e agravando seus efeitos colaterais. Um exemplo é a AIDS. 

Por isso, todas as doenças virais possuem risco para o paciente e precisam ser tratadas com responsabilidade e cuidado.

Quais as doenças virais mais comuns

A gripe é uma das principais doenças virais

A gripe é uma das principais doenças virais

Nós preparamos uma lista com as doenças virais mais conhecidas, seus sintomas e tratamentos. Dessa forma, você será mais capaz de identifica-las, caso note seu surgimento em algum momento. 

Mas, vale acrescentar: caso esteja se sentindo mal, é essencial procurar um profissional. Vá até o posto de saúde mais próximo e passe por uma consulta médica. Apenas ele poderá te orientar na utilização de medicamentos e, inclusive, poderá prescreve-los.

Dengue

A dengue é uma doença que afeta milhões de pessoas pelo mundo e tem uma influência enorme no povo brasileiro. O vírus é transmitido pela picada do mosquito Aedes Aegypti.

Sintomas 

Os sintomas da dengue clássica são amplamente conhecidos: dor de cabeça, no corpo, atrás dos olhos e nas articulações. Além disso, o paciente de dengue também apresenta febre, cansaço, náuseas e vômitos.  

Mas, a dengue apresenta variações mais graves, como a hemorrágica, em que, além dos sintomas comuns, o paciente também demonstra redução da contagem de plaquetas, o que estimula sangramentos. 

Tratamento

Não há um medicamento específico para o tratamento da dengue. Por isso, a indicação é repouso absoluto e hidratação frequente. Os sintomas podem ser controlados pelo uso de analgésicos e antitérmicos, apenas com orientação médica.

Gripe

As gripes são causadas pelo vírus Influenza e são um ótimo exemplo de como a mutação torna difícil controlar esse patógeno. Hoje, já são conhecidos mais de 10 tipos e subtipos. O contágio se dá, principalmente, pelo contato com infectados.

Sintomas 

Os sintomas da gripe mais comuns são mal-estar, espirros, corisa, obstrução nasal, tosse, dor de cabeça e dor de garganta. Em alguns casos, o paciente também pode apresentar náusea, vômitos e febre.

Tratamento

A gripe é tratada com repouso e hidratação, sendo indicado medicamentos apenas se o paciente apresentar sintomas mais graves. Nesses casos, podem ser prescritos antitérmicos e anti-histamínicos. 

Além disso, é recomendado que as pessoas façam a vacinação anual contra a gripe, que é aplicada em todo o SUS gratuitamente.

Covid-19

A pandemia de Covid-19 assolou o mundo nos últimos dois anos, causando milhões de mortes. Ela é causada pelo SARS-CoV-2, ou coronavírus, que recebe esse nome por ter um revestimento proteico em formato de coroa.

Sintomasv

Os sintomas leves da Covid-19 são parecidos com os da gripe: mal-estar, dor de cabeça, tosse, falta de ar e dor de garganta. Porém, há um risco enorme desses sintomas se agravarem, comprometendo o sistema respiratório do paciente e o levando a precisar de ventilação artificial.

Tratamento

Essencialmente, o tratamento indicado para a Covid-19 é a vacinação, que protege contra o agravamento dos sintomas e reduz o índice de mortalidade. Além dela, apenas medicamentos de controle, como antitérmicos e analgésicos são indicados. Não há nenhum tipo de medicação que trate a Covid-19 que tenha sido provada com eficiência. 

Também, é importante que as pessoas se mantenham longe de aglomeração e não façam contato com pessoas infectadas, considerando o alto índice de contágio dessa doença.

Qual a diferença entre doenças causadas por vírus e bactérias?

A maior diferença entre os dois tipos de patógenos está, justamente, em sua formação. Enquanto os vírus são, em suma, material genético envolto em uma capa proteica, as bactérias já são mais complexas, apresentando uma formação celular e sendo capaz de se reproduzir sem a presença de um hospedeiro. 

Quando estão inseridos no organismo humano, causando patologias, seus sintomas acabam sendo bem parecidos, o que gera confusão ao diferenciá-los. No entanto, os vírus tem uma capacidade de mutação muito maior e isso se torna um problema para controla-los. Assim, as doenças virais acabam sendo mais difíceis de serem curadas. 

É por isso que os dois tipos de infecções precisam de tratamentos diferentes. Para tratar as enfermidades bacterianas, são utilizados os antibióticos. Já para as virais é um pouco mais complexo, necessitando, comumente, de associações medicamentosas, conhecidas como “coquetéis” e que variam conforme a necessidade do paciente. 

Qual a importância de se manter longe das doenças virais?

Manter o seu organismo forte e saudável é essencial para que você tenha uma vida plena, consiga realizar suas atividades e se relacionar com as pessoas queridas. Por isso, vale muito a pena investir em cuidados básicos para se manter longe das doenças virais. 

Adquira o hábito de lavar as mãos com frequência e higienizá-las com álcool. Não coma alimentos sem lavar e evite aglomerações públicas. Dessa maneira, você estará se protegendo e, também, protegendo as pessoas que ama.

Conheça os nossos parceiros e contrate os melhores e mais baratos planos de saúde.

Aqui no Saúde é um Plano você encontra:

Faça já a sua cotação online!

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Suporte

Endereço Av.Brasil, 09, São José, Macepá-AP

Atendimento

Tire suas dúvidas com nosso atendimento

Fale pelo WhatsApp

SAÚDE É UM PLANO - CNPJ: 00.000.000/0000-00